12/07/2017

Sr Daniels

  e arquivado em    

Depois de perder a irmã gêmea para a leucemia, Ashlyn Jennings vê sua vida mudar completamente. Além de ter de aprender a conviver sem parte de si mesma, ela precisa se adaptar a uma nova rotina. Enviada pela mãe para a casa do pai, com quem mal conviveu até então, ela viaja de trem para Edgewood, Wisconsin, carregando poucos pertences, muitas lembranças e uma caixa misteriosa deixada pela irmã.

Na estação de trem Ashlyn conhece o músico Daniel, um rapaz lindo e gentil, e a atração é imediata. Os dois compartilham não só o amor pela música e por William Shakespeare mas também a dor provocada por perdas irreparáveis. Ao sentir-se esperançosa quanto a sua nova vida, Ashlyn começa o ano letivo na escola onde o pai é diretor. E não consegue acreditar quando descobre, no primeiro dia de aula, que Daniel, o belo músico de olhos azuis com quem já está completamente envolvida, é o Sr. Daniels, seu professor de inglês. 

Desorientados, eles precisam manter seu amor em segredo, e são forçados a se ver como dois desconhecidos na escola. E, como se isso já não fosse difícil o bastante, eles ainda precisam tentar de todas as formas superar os antigos problemas e sobreviver a novos e inesperados conflitos.

Resenha^^

Já tinha lindo um livro da escritora,e confesso que amei a escrita dela^^
Comprei esse livro a uns dois anos!! rssrsrsrsr ,e coitadinho ficava na lista e eu nunca lia .
Então ,peguei ele da pilha de livros e resolvi ler...o resultado:
AMEI!!
Ashlyn morava com sua mãe e sua irmã gêmea ,mas uma fatalidade ,fez ela se mudar para morar com seu pai,o qual ela não tinha nenhum contato.
Tudo mudou na vida dela...escola nova,"pai",e os enteados do pai ,os quais ela gostou de cara.
Ela sente uma falta enorme da irmã gêmea,que além de ser irmã ,era sua melhor amiga.
Viciada em leitura ,Ashlyn faz dos livros seu refúgio .
Daniel,músico ,acabou de perder os pais de forma trágica e luta com suas lembranças e dores...
Um dia eles se conhecem na estação de trem que traz Ashlyn para a nova cidade.
Ele sente naquele encontro como aquela garota é especial,e o quanto eles tem em comum.

"Porque quando o mundo concede a uma pessoa um sorriso como o seu,deveria ser a única atividade que esses lábios teriam de fazer"

Mas,como nem tudo é perfeito ,no primeiro dia de aula ,Ashlyn descobre que Daniel ,é seu professor...SR Daniels...
Daí ,imagine o conflito que isso poderia gerar??
O livro segue mostrando a bonita amizade que Ashlyn desenvolve com os enteados do seu pai,a amizade verdadeira,cumplicidade e amor ,afloram nestes 3 jovens ,que se tornarão inseparáveis.
A casa do seu pai é uma casa cheia de regras,a madrasta ,apesar de ser sempre doce com Ashlyn ,é muito dura em relação a religiosidade dos filhos e não tolera erros ,ou qualquer comportamento que ela julgue não cristão.
Os "irmãos" de Ashlyn ,vivem mentindo para a mãe para se protegerem do fanatismo religioso dela.

"Porque fingir ser feliz é quase como ser feliz.Até você lembrar que é apenas fingimento.Então você fica triste. Realmente triste.Porque  usar uma máscara todos os dias da sua vida é a coisa mais difícil do mundo. E depois de um tempo,você tem um pouco de medo porque a máscara se torna você."

As coisas ficam bem complicadas e ente Daniel e Ashlyn...e o romance tem que seguir as escuras...o pai dela é vice-diretor da escola...
O livro é emocionante,cheio de paixão,amor ,amizade e recomeços.
Ashlyn que precisa entender e perdoar seu pai,superar a morte da irmã e tentar viver esse amor quase impossível...
Daniel,que precisa superar a morte dos seus pais,perdoar o irmão drogado ,e manter sua reputação como professor ...e como viver essa paixão com sua aluna...
O livro é simplesmente lindo!! 
Temas como homossexualidade e bullyng são tratados com bastante seriedade.
Enfim...super recomendo essa leitura .

Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Facebook
Comente com sua conta Google+

2 comentários

  1. Esse livro promete fortes emoções!
    Lidar com perdas e mudanças bruscas de uma hora para a outra ,não é fácil. E que bom que esses dois personagens se encontram no meio de uma história dessas...É uma forma de dar forças um ao outro.

    E ainda há o romance impossível, que convenhamos dá uma pitada à mais de emoção.
    Gostei demais do enredo. E que bom que o livro tenha te surpreendido positivamente.

    Beijos! :)

    ResponderExcluir
  2. Dayse!
    Para quem gosta de romances, o livro é perfeito por isso devo dizer que me envolvi totalmente na leitura, embora, antes de lê-lo, achasse que era um romance de época... é que não gosto de ler sinopses e evito ao máximo ler resenhas, etc... assim me surpreendo sempre que posso.
    “Bendito seja eu por tudo o que não sei, gozo tudo isso como quem sabe que há o sol” (Fernando Pessoa)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir



PRA CIMA!